Agência de Marketing Digital e Científico

Blog GeniusDesign

  • Blog
  • Como funcionam as Redes Sociais e o que é esse tal algoritmo?

Como funcionam as Redes Sociais e o que é esse tal algoritmo?

whatsapp

Você já ouviu falar em algoritmos? Tem se tornado cada vez mais comum ouvir produtores de conteúdo pelas redes sociais falando sobre o algoritmo da rede e sobre ganhar relevância. É exatamente por causa deles que você ama (ou talvez odeie) as redes sociais. Mas o que seria esse tal algoritmo? Nesse artigo você vai aprender de uma maneira bem simples e didática o que são os algoritmos de redes sociais e como eles funcionam.

Os algoritmos de redes sociais

Imagine uma sociedade sem leis, sem regras. Seria uma bagunça, não é mesmo? As sociedades humanas, ou digamos “redes de pessoas”, se organizam sob um conjunto de regras estabelecidas, democraticamente ou não (!), para que as relações entre os seus membros sejam harmoniosas. A elas damos o nome de Constituição, Código Civil e por aí vai.

Nas redes sociais não é diferente. Cada rede social tem o seu próprio conjunto de regras que regem o funcionamento do seu ambiente social virtual. Por mais que sejam as pessoas os usuários finais dessas redes, as regras que regem o ambiente da rede social não atuam sobre as pessoas, mas sobre a programação, os scripts, os elementos visuais, enfim, todo o funcionamento da rede. O conjunto de regras que regem uma rede social se chama algoritmo.

Vamos a um exemplo: você já reparou que se você interage - curte, comenta, reage ou compartilha algo, assiste a um vídeo, etc - sobre qualquer conteúdo dentro de uma rede social, ela começa a te oferecer outros conteúdos semelhantes? Essa é uma regra definida pelo algoritmo da rede. Sacou?

Exemplo de algoritmo de rede socialExemplo de algoritmo de rede social

O exemplo acima é bem simplório mas tem por objetivo exemplificar como funcionam os algoritmos. Eles basicamente resolvem problemas a partir de condições “se algo acontecer”, “faça isso”, “se não”, “faça aquilo”. O grande lance é que os algoritmos de redes sociais são super complexos e consideram uma infinidade de variáveis. E vão além: os algoritmos são tão complexos que já são capazes de criar outros algoritmos, ensinando novas regras de maneiras autônomas. Loucura, né?

Ok, então seria correto dizer que quem decide o que eu vejo numa rede social é o algoritmo?

Sim…

... e não.

O que aparece em sua timeline de rede social é definido sim pelo algoritmo, mas essa definição tem por base o seu comportamento de uso na rede. A rede tenderá a exibir para você mais conteúdos que tenham a ver com aqueles que você interage e consome. Então, se você gosta de ver vídeos de cachorros, é bem provável que vai começar a descobrir um monte de outros perfis dedicados a esse tipo de conteúdo. E no meio disso, veja um anúncio de uma pet shop ou outros anunciantes relacionados.

No Twitter, por exemplo, é diferente. Por lá, o conteúdo da timeline principal é exibido de maneira cronológica, do mais recente para o mais antigo. Então se você segue 100 perfis, por exemplo, e 50 publicaram um tweet recente, aparecerão, do mais recente para o mais antigo, cada um desses tweets. E assim a rede vai atualizando a sua timeline, sempre exibindo os novos tweets, sem levar em consideração as suas interações para criar qualquer tipo de filtro.

Muitos seguidores, pouco engajamento

20210121 pouco engajamento

Engajamento é uma métrica importante se você é um influencer, uma empresa ou apenas uma pessoa que gostaria de uma recompensa emocional para o que publica. Afinal, de que adianta ter um grande número de seguidores se ninguém curte ou comenta suas publicações? É uma tristeza só… 

“Mas como é possível ter tantos seguidores e tão pouco se interessar pelo que eu publico?”

Ora, isso é simples. Seus seguidores simplesmente não vêem o que você publica.

Jura?

Sim, é isso mesmo. Normalmente os algoritmos das redes sociais fazem uma entrega reduzida do seu conteúdo aos seus seguidores de maneira proposital. Sabe por quê? Porque eles querem que você impulsione uma publicação. Assim todos ficam felizes: eles ganham um dinheiro, você entrega seu conteúdo a um número maior dos seus seguidores (não todos, pra entregar pra todo mundo tem que pagar mais) e os seguidores ficam sabendo das suas novidades.

“Mas isso é uma sacanagem!”

É, pode ser. Mas é assim que eles fazem o negócio acontecer. E esse modelo tem se mostrado muito eficaz, especialmente para o Facebook. Com uma base de usuários acima dos 2 bilhões, eles têm muita informação sobre o comportamento e hábitos de consumo de seus usuários. Todos esses dados são um ativo valiosíssimo! Se você já anunciou no Facebook, sabe que pode segmentar o seu público alvo a partir do gênero, idade, localização, interesses, estado civil, profissão, etc, etc. É assim que as empresas conseguem direcionar a sua mensagem de maneira eficaz. As empresas pagam ao Facebook para "acessar" as informações de seus usuários e entregar publicidade ao seu público alvo. "Acessar", entre aspas, porque não é que a empresa pegue diretamente os seus dados individuais, mas consegue fazer uma segmentação bastante eficaz a partir de dados estatísticos do comportamento e do perfil dos usuários. Tem um documentário muito legal na Netflix chamado “O dilema das redes” que aborda essa dinâmica de uso ético dos dados dos usuários e outros interesses que podem estar por trás dessa história. Vale muito a pena ver.

Poster do documentário "Social Dilema", disponível na Netflix.Poster do documentário "Social Dilema", disponível na Netflix.

Voltando à questão do engajamento…. ele não é importante apenas como uma métrica chave de sua estratégia ou como recompensa emocional, mas também para o seu crescimento. Sabe quando uma rede recomenda um conteúdo relacionado ao que você está consumindo? O algoritmo da rede faz essa recomendação com base na relevância do conteúdo consumido e engajamento é uma métrica de relevância. Afinal, um conteúdo curtido e compartilhado por muitas pessoas é relevante e merece ser visto por mais. E assim o conteúdo aumenta seu alcance de maneira orgânica - anota essa palavrinha importante na sua mente - ou seja, sem a necessidade de pagar (ou pagar tanto) para isso.

Como posso então aumentar o engajamento de minha página ou perfil? Bom, um caminho é impulsionar suas publicações. Mas há outros também.

Produza bastante conteúdo

20210121 bastante conteudo

Como vocês já devem ter entendido, o algoritmo da rede é que vai definir como as interações acontecem na rede, como o conteúdo é entregue, a quem é entregue, como a publicidade é exibida, etc, etc. Tudo isso é definido pelo algoritmo. Um elemento que é bastante importante para o algoritmo é o conteúdo. Não necessariamente a qualidade, mas a quantidade.

O volume de informação que é produzido a cada segundo nas redes sociais é imenso. São inúmeros perfis fazendo publicações a todo momento, uma verdadeira guerra de informação. E é isso mesmo… uma guerra. Se você publica pouco, seu conteúdo ficará para trás e poucas pessoas o visualizarão. Publicando com mais frequência, você aumenta suas chances de ser visto.

Os algoritmos também tendem a valorizar quem produz conteúdo com mais frequência e mantém uma rotina regular. Quanto mais conteúdo você produzir, melhor será para o seu crescimento. O tipo de conteúdo - somente texto, imagem ou vídeo - também impactará no seu engajamento.

Quantidade com relevância

20210121 seja relevante

Por mais que o algoritmo não seja capaz de interpretar a qualidade do conteúdo, até porque esse é um atributo bem subjetivo nas redes sociais, abrir mão da qualidade para produzir compulsivamente pode render menos frutos que o esperado. E quando digo qualidade não me refiro apenas à estética de seu conteúdo, seja ele imagem ou vídeo, mas, principalmente, à relevância do seu conteúdo.

Imagine que você tenha uma quantidade significativa de seguidores, mas publica coisas que não são do interesse deles? É óbvio que você terá um engajamento baixo. E um engajamento baixo significa que menos pessoas serão alcançadas organicamente - olha a palavrinha aí - e você será mais dependente de impulsionamentos.

Algumas dicas:

  • Seja relevante para seus seguidores: entenda o que eles querem consumir, que conteúdos gostam de interagir e adapte a sua mensagem aos hábitos deles.
  • Analise a performance do que você tem publicado para ver o que funciona melhor e invista nesse formato.
  • Arrisque-se em novos formatos, seja ousado e criativo! As redes sociais são o lugar ideal para você experimentar e receber feedback rápido diretamente de quem acompanha você.

Explore as ferramentas

20210121 ferramentas

Quanto mais recursos das redes sociais você usar, melhor será para sua visibilidade. Quando uma rede social libera um novo recurso, a intenção é que seus usuários gostem e façam uso dela, portanto é fácil entender que os algoritmos privilegiaram a exibição do conteúdo de quem o produz com determinada ferramenta. No Instagram, por exemplo, você tem o feed, tem os stories, o IGTV, recentemente o reels, também o Instagram Shopping. Quanto mais recursos disponíveis das redes você utilizar, melhor será para o seu alcance. Mas lembre-se: seja relevante.

Vale a pena você verificar quais ferramentas geram um engajamento melhor. Por exemplo: um conteúdo formatado para ser publicado em seu feed pode ter uma performance diferente do mesmo conteúdo formatado e publicado no IGTV.

Conclusão

Os algoritmos são a alma das redes sociais e cada uma buscará um funcionamento diferenciado. Com o crescimento do debate sobre privacidade de dados e o aumento da cobrança por este cuidado, é bem provável que, muito em breve, surja um novo buzz sobre alguma nova rede social que consiga ser relevante em preservar os dados de seus usuários.

O bom é que tem pra todo gosto. Você não precisa usar todas, muito menos gostar delas. Escolha a que seja mais interessante para você, procure entender como funciona o seu algoritmo para evitar se tornar um refém dele e seja feliz!


 Curtiu esse texto? Então manda ele pra alguém que vai se beneficiar desse conteúdo!

Acha que faltou alguma informação ou gostaria de saber mais sobre algo abordado aqui? Então comenta aqui em baixo!

As imagens usadas nesse post foram retiradas do Freepik ;)

Atualizado em Quinta, 21 Janeiro 2021 16:27
Eugênio Telles

Eugênio Telles

Eugênio Telles é publicitário pós-graduado em Marketing Digital pela ESPM-RJ, diretor executivo da GeniusDesign, empreendedor e podcaster.

Você também pode se interessar por

Nosso melhor cartão de visitas: a opinião de nossos clientes

  • A experiência com a GeniusDesign foi excelente. Fui tratado com muito profissionalismo e seriedade por toda a equipe. Agradeço, em especial, ao Eugenio por toda a ajuda e suporte que me ofereceu antes, durante e após a contratação. Recomendo fortemente!

    Felipe Asensi
    PhD em Direito, professor e autor

Fiocruz
Revista Abralin
Sesi Sp Editora
Piticas
Nova A3
Spx Capital
Cadlin
Oculos E Cia
Memoria Da Eletricidade
Farmanguinhos
GeniusDesign Marketing Digital e Científico

GeniusDesign Marketing Digital e Científico

+55 . 21 . 96418-9728

CNPJ: 27.339.106/0001-70